Glossário

A-E F-J K-O P-T U-Z

 

Gadadhar Chattopadhyay — Nome de nascimento de Sri Ramakrishna. O termo “Gadadhar” significa “aquele que carrega a clava”, um dos aspectos de Vishnu.
Ganesha ou Ganapati — Filho de Shiva e Parvati, representado com uma cabeça de elefante. Ganesha, deus da sabedoria, remove os obstáculos, garantindo sucesso tanto na vida espiritual quanto na vida material.
Ganga — Denominação em sânscrito e em bengali para o Ganges. Rio da Índia, considerado sagrado no hinduísmo; nasce no Himalaia e corre em direção à baía de Bengala.
Ganges — Ver Gangá.
Gaur ou Gour — Abreviatura de Gauranga, um dos nomes de Sri Chaitanya.
Gauranga ou Gouranga — Um dos nomes de Sri Chaitanya.
Gayatri — 1. Mantra védico: Possamos nós meditar em Sua adorável luz resplandecente que deu origem a todos os mundos. Possa Ele dirigir os raios de nossa inteligência para o caminho do bem. Após receber o cordão sagrado na cerimônia upayana, o menino hindu ortodoxo recita diariamente esses versos. 2. A deidade que preside o mantra Gayatri.
Gñana Yoga — O caminho do conhecimento; uma das quatro principais yogas ou caminhos para a união com Deus. Por meio da análise e rejeição de todos os fenômenos transitórios, pelo processo da eliminação (neti, neti), o aspirante espiritual finalmente alcança Brahman e realiza sua união com o aspecto impessoal de Deus Supremo.
Gñani — 1. Aquele que segue o caminho do conhecimento e da discriminação para atingir a Realidade Impessoal; 2. Conhecedor de Brahman; 3. Seguidor da Vedanta Advaita (monismo).
Gopala ou Gopal — Krishna bebê.
Gopis — As pastoras de Vrindavan, companheiras e devotas de Sri Krishna, exemplos do mais intenso amor divino. Segundo Sri Ramakrishna, elas haviam sido rishis em encarnações anteriores.
Govardhan — Uma colina próxima a Vrindavan, a qual Sri Krishna levantou com Seu dedo para proteger os aldeões de um dilúvio.
Govinda — Um dos nomes de Sri Krishna.
Guerua — Hábito tradicional dos sannyasins, de cor ocre.
Gui — Manteiga clarificada pelo processo de fervura.
Gunas — Designação dos três modos de manifestação da energia cósmica: sattva, rajas e tamas. Segundo a filosofia Samkhya, a Prakriti (Natureza), em oposição a Purusha (Espírito) consiste em três qualidades, modos ou gunas, que constituem o universo da mente e da matéria. Quando as gunas estão em perfeito equilíbrio, não há criação, expressão ou manifestação. Quando se rompe o equilíbrio, ocorre a criação. No mundo físico, sattva representa o que é puro e bom, a felicidade, a leveza, a sabedoria, o equilíbrio; rajas representa a atividade, a inquietude, a cobiça, a paixão; tamas, inércia, preguiça, obscuridade, ignorância.
Guru — Mestre espiritual. Um guru qualificado é uma alma iluminada ou muito avançada no caminho espiritual. Swami Vivekananda diz que o guru deve conhecer o espírito das escrituras; deve ser puro e ensinar sem egoísmo nem desejo de fama ou riqueza. Um guru competente assume a responsabilidade pela vida espiritual de seu discípulo e o conduz à libertação.
Gurudeva — Mestre espiritual.

 


Hanuman — Ou Mahavira. Herói do Ramayana, comandante do exército de Rama. Devido ao seu amor extático por Rama, Hanuman é reverenciado na Índia como o ideal da devoção.
Hara — Um dos nomes de Shiva.
Hari — Um dos nomes de Krishna.
Harmônio — Pequeno instrumento de teclas, as quais são tocadas com uma das mãos enquanto a outra mão maneja o fole.
Iniciação (diksha em sânscrito) — O início da vida espiritual. Durante a iniciação o guru dá ao seu discípulo instruções específicas referentes às práticas espirituais – mais particularmente o mantra que corresponde ao Ideal Escolhido (Ishta) do discípulo. A forma é chamada mantri – com o guru sussurrando o mantra no ouvido do discípulo. Duas outras formas de diksha — shambhavi e shakti — são efetuadas por um simples desejo, olhar ou toque do guru, e produz iluminação imediata no discípulo. As iniciações chamadas shambavi e shakti podem ser somente dadas por avatares ou ishvarakotis. Iniciação pode também significar as cerimônias de aceitação da vida monástica – sejam elas de brahmachari ou de sannyasin.
Ishvara — Brahman unido a Maya (Seu poder); Deus com atributos; Deus Pessoal. De acordo com Swami Vivekananda, Ishvara é “a mais alta leitura do Absoluto possível para a mente humana”. Os três aspectos de Ishvara (a Trindade hindu) em relação ao universo são personificados como Brahma (o Criador), Vishnu (o Conservador) e Shiva (o Destruidor).
Ishvarakoti — Pessoa que pertence a uma classe de almas eternamente livres e perfeitas, nascida na Terra para o bem da humanidade. De acordo com Sri Ramakrishna, um ishvarakoti tem algumas características de um avatar.
Jada samadhi — Comunhão com Deus em que o aspirante parece sem vida, como um objeto inerte.
Jadabharata — Grande santo da mitologia hindu.
Jagannath — Literalmente, “Senhor do Universo”. Um dos nomes de Vishnu. Famoso templo situado em Puri, onde esse aspecto de Vishnu é cultuado. Todos os anos, nos estados vizinhos de Orissa e Bengala, é celebrada a festa do Carro de Jagannath, na qual se leva a imagem de Sri Krishna, ao lado de seu irmão Balarama e sua irmã Subhadra, em carros puxados por homens (carros enormes como em Puri, ou então bem pequenos para passeios curtos).
Jagata — O mundo.
Jamuna ou Yamuna — Rio sagrado do norte da Índia.
Janaka — Um dos reis sábios na mitologia hindu; no Ramayana, pai de Sita (esposa de Rama). Freqüentemente citado por Sri Ramakrishna como um conhecedor de Brahman que combinava a sabedoria espiritual com a vida no mundo.
Japa ou Japam — A prática da repetição de um dos Nomes de Deus, normalmente o próprio mantra pessoal. Pode-se usar um rosário para contar o número necessário de repetições.
Jatila e Kutila — A sogra e a cunhada de Radha. Personagens desmancha-prazeres do Bhagavata, no episódio referente a Sri Krishna e as gopis.
Jiva — A alma individual ou o ser humano. Em termos filosóficos, jiva é o Atman identificado com o corpo, mente, sentidos etc. Ignorante de sua divindade, ele experimenta nascimento e morte, prazer e dor.
Jivanmukta — Aquele que alcançou em vida o estado de libertação (moksha) e vive na consciência de Deus.

 

 

A-E F-J K-O P-T U-Z